Eterna Insatisfação

image

Quando está gordo tá infeliz e quando emagrece fica infeliz, não consigo entender esses eternos insatisfeitos que antes e depois da cirurgia continuam reclamando da vida.

Antes: gordo, com mais de 100 kg, tem dores nas articulações, é recriminado pela sociedade se torna infeliz e quer emagrecer.

Depois: corpo emagrecido, as dores reduziram ou desapareceram, não sofre mais preconceito, no entanto reclama por não poder comer como anteriormente, tem sobra de pele e alguns probleminhas hormonais e vitamínicos (todos previstos, avisados e assinados no termo de cirurgia).

Sinceramente, não consigo entender essas criaturas que querem um emagrecimento FÁCIL, eles precisam entender que nem na hora que nascemos é fácil, porque um emagrecimento cirúrgico seria menos complicado?

Cada vez mais tenho certeza que pessoas como essas citadas acima não deveriam nunca passar por um procedimento desses, agora fica a dúvida quem está errando? Seria culpa dos médicos por liberarem uma criatura despreparada ou da equipe multidisciplinar que não soube orientar e enfatizar os riscos e problemas secundários da cirurgia?

Fica ai minha indignação, e aos que ainda não passaram pelo procedimento, PENSEM muito, pois o negócio não é fácil, não é uma mera cirurgia que vai resolver o seu PROBLEMA!!!

Chegou o dia!!!

Olá, é hoje o dia da cirurgia, e eu como estou? Com medo mas tranquila (se é que isso é possível), bom eu estou sentindo um mix de sentimentos, vou dar entrada no hospital as 10h da manhã e minha cirurgia ocorrerá as 13h, tudo vai correr maravilhosamente bem, afinal estou nas mãos de médicos e equipe competentes, o hospital então nem se fale, é referência em Piracicaba.

Espero que a UNIMED tenha liberado a bomba de PCA (controle da analgesia, dando a possibilidade de auto-injetar uma quantidade maior da droga quando sentir dor, em volumes e tempos pré-programados pelo médico), e espero também que eu não precise usá-la.

Bom gente, por hoje é só, agradeço a todos os  votos de sorte, e até domingo ou segunda que é quando eu terei alta!!!

Até mais,

Cirurgia: Como vai ser?

Uma coisa que acho muito bacana do meu cirurgião (Dr. Juliano) e da equipe que trabalha com ele é que eles disponibilizam informações importantes no site da clínica, uma das informações é a Como Vai Ser que faz um apanhado de perguntas freqüentes em casos cirúrgicos envolvendo o aparelho digestivo. Eu resolvi colocar as questões aqui para que as (os) marinheiros de primeira viagem possam ter uma noção dos passos a serem dados após a informação da necessidade de uma cirurgia.

1 – O Dr. disse que é necessário uma cirurgia para resolver o problema.
Existem muitos profissionais capacitados e com ampla experiência no setor de saúde. Porém pode-se sempre pedir uma segunda opinião e perguntar quais são as alternativas existentes para tal doença e suas conseqüências.

2 – Ok. agora tenho certeza de que preciso da cirurgia. Como funciona?
Dependendo da sua idade, o médico irá solicitar uma série de exames. Também poderá solicitar que outros médicos de outras especialidades dêem seu parecer para determinar graus de riscos e outras recomendações. Por exemplo, cardiologista para ver se o coração está bem.

3 – Tenho tudo pronto (exames de consultas com outros médicos) e agora?
ok. Provavelmente seu médico já solicitou ao seu convênio a liberação da cirurgia. Nem todos os convênios cobrem todos os tipos de cirurgia. Isso vai ser avaliado pelo auditor do convênio que eventualmente entrará em contato com seu médico para eventuais esclarecimentos. Este processo de autorização pode demorar 2 dias mas já houveram casos de até 2 meses de demora.

4 – Preciso passar pelo anestesista?
É orientação do Conselho Regional de Medicina que todos os pacientes a serem submetidos a cirurgia NÃO URGENTE, devem passar por consulta pré-anestésica antes do procedimento.

5 – Ok. Já foi marcada a data e agora?
Seu médico vai lhe passar uma orientação por escrita de dieta, banhos etc… segundo as mais recentes normatizações técnicas para evitar infecções e complicações

6 – O que devo levar no hospital?
Ao chegar você receberá um avental próprio do hospital com toalhas lençóis e cobertores. É interessante levar:
a) escova de dente
b) pente ou escova de cabelo
c) pasta de dente
d) desodorante próprio
e) pijama ou roupas confortáveis de acordo com a estação, além das roupas íntimas
f) fraldas/absorventes íntimos se for o caso
g) chinelos/ meias se estiver frio
h) edredom se não puder usar cobertores.
i) palavras cruzadas e lápis/canetas, livros ou revistas.
j) atestado médico se for precisar

7 – O que vai acontecer no hospital?
OK. isso pode ser explicado por passos.
a) você chegara no hospital no horário estipulado pelo seu médico e deve procurar o setor de internação
b) lá você preencherá o cadastro e assinará alguns documentos
c) após isso uma camareira (ou profissional da enfermagem) o levará para seu quarto
d) no quarto pedirão para que você troque de roupa colocando um avental próprio do hospital e uma touca
e) se for necessário a enfermagem procederá com raspagem de pelos no local a ser operado
f) você será encaminhado ao centro cirúrgico no momento em que for chamado pela equipe médica. Podem ocorrer atrasos devido alguma urgência de outro paciente ou algo assim.
g) antes de ir ao centro cirúrgico a enfermagem poderá lhe oferecer um calmante se o médico tiver dado essa ordem.
h) na hora de ir ao centro cirúrgico você será colocado numa maca (não, você não pode ir andando ou de cadeira) e será levado até a porta do centro cirúrgico.
i) outros enfermeiros o receberão no centro cirúrgico e você será levado a uma sala chamada Sala de Recepção. Ainda na maca irão “pegar uma veia” em seu braço, colocar um soro e aplicar antibióticos se for o caso, além de fazerem algumas perguntas sobre sua saúde.
j) Se estiver com a pressão alta ou algum outro tipo de alteração a enfermagem comunicará seu médico e o anestesista para que possa ser corrigida
k) Após isso você será transportado ainda na maca para a sala de cirurgia. Será retirado da maca e colocado em uma mesa especial para cirurgias.
l) Lá o anestesista irá conversar mais com você antes do procedimento anestésico.
m) após a cirurgia você irá retornar para a maca e será levado a uma sala chamada de Recuperação Anestésica onde ficará algumas horas até que suas funções corpóreas retornem ano normal;
n) quando estiver completamente recuperado da anestesia você fará o caminho de volta para o quarto
o) em todo momento que estiver sentido algum desconforto ou dor você deve comunicar a enfermagem,
p) seu médico estará sempre sendo comunicado do seu estado e sinais vitais pela enfermagem

8 – Se eu precisar de atestado e documentos?

Pela lei estadual – o médico deve preencher atestados e declarações em formulários próprios que podem ser adquiridos em bancas, papelarias ou no CRM. Já deixe providenciado algumas folhas para entregar a seu médico. Ele preencherá todos estes no dia da alta hospitalar assim como poderá fornecer um formulário de orientação de alta (onde estarão escritos orientações de curativo, dieta entre outros)

(Fonte: Clínica Gastroativa)

Ultima Consulta Antes da Cirurgia

A minha cirurgia será dia 30/07 (quinta) e hoje eu fui pra ultima consulta com o meu cirurgião. Confesso que estou bastante ansiosa e com um pouco de medo, de que? Não sei! Acho que é medo do desconhecido, afinal como todo mundo diz a dor, a reação e as sensações cada um vai sentir de um jeito, conheço casos de pessoas que não sentiram quase dor, como também conheço casos de pessoas que apertaram o dispositivo de morfina mais de 700 vezes (é lógico que não usou tudo isso porque o aparelho é programado pra liberar a morfina só a cada 15 minutos, mas a pessoa disse que a dor estava insuportável), eu fico imaginando qual é o meu limite de dor (comparando que sofro de enxaqueca e minhas cólicas menstruais são muito fortes por eu sofrer de adenomiose), mas uma cirurgia é sempre mais dolorosa do que dores do cotidiano que com o tempo você acaba se acostumando, sei lá eu só sei que estou bastante ansiosa pra que isso comece e acabe logo para que eu possa voltar a minha vida normal como acabar a faculdade, voltar a procurar emprego, afinal eu parei porque as reuniões do pré-operatório eram toda quinta e só de manhã a tarde ou a noite, como a noite eu vou pra faculdade então só me restou o horário da manhã ou da tarde, fora que a cirurgia requer uma parada de aproximadamente 15 dias o que quase nenhum patrão em fase de experiência entenderia ou aceitaria.

Bom a ultima coisa que falta antes da cirurgia é eu passar pelo anestesista o que já está marcado para o dia 27 (segunda), onde eu responderei várias perguntas (alergias, cirurgias passadas, reações dentre outras) e optarei por querer ou não a máquina de morfina (por precaução eu vou solicitar, afinal nunca se sabe né…), depois de passar pelo anestesista eu volto e conto como foi…

Até mais